Segunda-feira, 9 de Junho de 2008

Perdido à beira mar

Em resposta a todo o meu desepero do passado dia cinco de Junho, decidi postar anonimamente no blog da minha turma (claro que pelos motivos óbvios arrependi-me no dia seguinte), não sei bem qual foi a minha ideia, por acaso até sei, funciono em código, aquela é a minha maneira de pedir ajuda. A meu pedido o prof. de L.P. corrigiu o poema e tentou animar-me, mesmo sem saber que era eu.

A quetão é que agora apareceu um outro comentário, outro texto de ajuda, palavras para ir em frente. Não faço a mínina de quem seja, mas não creio que seja o prof., mesmo assim estou deveras grata ao "desconhecido" e apreciei imenso a história.

Em caso de haver mais alguém como eu, um bocado perdido(a) no mundo aqui vai o texto:

 

Acreditar e Agir

        Um viajante ia caminhando em solo distante, as margens de um grande lago de águas cristalinas. Seu destino era a outra margem. 
       Suspirou profundamente enquanto tentava fixar o olhar no horizonte. A voz de um homem coberto de idade, um barqueiro, quebrou o silêncio momentâneo, oferecendo-se para transportá-lo.
        O pequeno barco envelhecido, no qual a travessia seria realizada, era provido de dois remos de madeira de carvalho. Logo seus olhos perceberam o que pareciam ser letras em cada remo. Ao colocar os pés empoeirados dentro do barco, o viajante pode observar que se tratava de duas palavras, num deles estava entalhada a palavra ACREDITAR e no outro AGIR. 
        Não podendo conter a curiosidade, o viajante perguntou a razão daqueles nomes originais dados aos remos. O barqueiro respondeu pegando o remo chamado ACREDITAR e remando com toda força. O barco, então, começou a dar voltas sem sair do lugar em que estava. Em seguida, pegou o remo AGIR e remou com todo vigor. Novamente o barco girou em sentido oposto, sem ir adiante.
       Finalmente, o velho barqueiro, segurando os dois remos, remou com eles simultaneamente e o barco, impulsionado por ambos os lados, navegou através das águas do lago chegando ao seu destino, a outra margem.
Então o barqueiro disse ao viajante:
- Esse porto se chama autoconfiança. Simultaneamente é preciso ACREDITAR e também AGIR para que possamos alcançá-la
!

 

Fonte: Blog do 8ºD

I'm: Grata por todo o apoio
I'm listening: An deiner seite - Tokio Hotel

(O).(o)Deeply Me


(O).(o) Take a look

(O).(o) Add me as friend

(O).(o)Search in This Blog

 

(O).(o)Março 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


(O).(o)Last Glimpse

(O).(o)tags

(O).(o) todas as tags

(O).(o)Ando a cantarolar

(O).(o)Relogio

(O).(o)Contador

(O).(o)Leitor de media


MusicPlaylist
Music Playlist at MixPod.com